Escola Profissional de Alte - Participação nas mobilidades do projeto Erasmus +

A Escola Profissional de Alte proporciona aos seus formandos a realização de estágios no estrangeiro através da participação no projeto Erasmus + (KA1).


O seu primeiro projeto teve a duração de dois anos (projeto 2017-PT01-KA102-035648) e teve como principal objetivo a realização de estágios na área de atendimento em receção hoteleira, para 10 alunos e uma formação de job shadowing para duas professoras em animação.

 

O segundo projeto, com a duração de um ano, encontra-se a decorrer (projeto 2018-PT01-KA102-046986) e visa a realização de estágios na área de atendimento / receção em turismo de golfe, possibilitando a mobilidade de 8 alunos e duas professoras, que vão realizar job shadowing em atendimento de turismo de golfe.

Estes dois projetos contemplam alunos do segundo e terceiro ano do curso profissional de Técnico de Turismo e pretendem dar a oportunidade aos mesmos de aplicar e desenvolver competências técnicas na área de atendimento hoteleiro/ turismo de golfe, melhorar a expressão da língua inglesa e contactar com hábitos e factos culturais, desenvolvendo valores de cidadania. Estes estágios têm a duração de seis semanas e são realizados na cidade de Belfast, com o apoio de uma empresa intermediária. Os alunos participantes ficam alojados em casas de famílias, o que lhes permite um contacto mais direto com a cultura, as tradições e a gastronomia.
Estes projetos de mobilidades revestem-se de uma importância vital para dotar os participantes de competências, que lhes permitirão ingressar futuramente no mercado de trabalho.

 

Critérios de seleção dos alunos candidatos para mobilidades transnacionais do curso profissional de Técnico de Turismo, no âmbito do Projeto Erasmus +:

  • frequentar o 2º e 3º ano do curso profissional de Técnico de Turismo;
  • apresentar boas competências transversais: pontualidade, assiduidade, responsabilidade, organização, iniciativa e sociabilidade;
  • mostrar-se interessado, empenhado e motivado, auto propondo-se para participar no projeto;
  • demonstrar bom perfil profissional, aplicando competências técnicas na área de atendimento e receção;
  • identificar diferentes tipos de clientes e ir ao encontro das suas necessidades;
  • revelar capacidade de resolução de problemas e de trabalho em equipa;
  • aplicar e querer melhorar os conhecimentos da língua inglesa;
  • ser responsável e não ter módulos em atraso;
  • esforçar-se por ter uma boa média de curso.

 

Critérios de seleção dos professores acompanhantes das mobilidades:

  • terem conhecimento do perfil e competências dos participantes;
  • terem experiência de organização adquirida no projeto anterior;
  • estarem habituadas a fazer acompanhamento de estágios em várias entidades e por isso são capazes de orientar os alunos;
  • mostrarem vontade em realizar o projeto e em melhorar as suas competências linguísticas;
  • quererem recolher contributos da sua formação de job shadowing para inovarem na preparação de atividades / aulas e futuros alunos.